Com o audit√≥rio lotado a Associa√ß√£o Comercial do Rio Grande do Norte promoveu palestra informativa sobre o novo modelo de instrumento de cobran√ßa tribut√°ria:a Nota Fiscal de Consumidor Eletr√īnica.

A NFC-e prop√Ķe uma verdadeira revolu√ß√£o no Varejo Brasileiro, muito similar a vers√£o 2.0 da NF-e. Preparar-se para todas as mudan√ßas √© fundamental.

Os detalhes sobre essa novidade tribut√°ria foram passados pelo auditor fiscal Marconi Soares de Sousa.

Segundo ele, a NFC-e, visa ser uma alternativa totalmente viável para os setores de comércio e serviços.

A nova ferramenta de documentos fiscais reduz custos de obriga√ß√Ķes acess√≥rias aos contribuintes, ao mesmo tempo que possibilita o aprimoramento do controle fiscal pelas Administra√ß√Ķes Tribut√°rias.

Com a NFC-e, o consumidor também é beneficiado, ao possibilitar a conferência da validade e autenticidade do documento fiscal recebido. Para ter acesso a NFC-E é necessário o uso do certificado digital que está à disposição na ACRN. "Oferecer esses esclarecimentos a colaboradores e contadores é ajudar a entender essa nova modalidade de cobrança. A Associação Comercial cumpre o seu papel enquanto instituição ligada ao comércio" , disse Itamar Maciel,presidente da ACRN.

Os contadores presentes a palestra ficaram satisfeitos com os esclarecimentos e orienta√ß√Ķes repassadas pelo palestrante.


Voltar